Tempo de leitura: 2 minutos

O laboratório Nacional de Idaho (INL), é um laboratório de Ciência que têm como objetivo apoiar o Departamento de Energia dos EUA em temas de defesa nacional e investigação sobre energia nuclear.

Depois da petição das Forças Aéreas dos EUA, o INL desenvolveu um sistema de UAV (veículo aéreo não tripulado), o RADAS para a avaliação rápida de danos mediante imagens aéreas.

RADAS, é um sistema baseado num UAV, capaz de capturar imagens multi megapixéis, a uma altura de 245 a 300 metros e transfere via wireless, em tempo real, para um interface base em terra, onde cada imagem é automaticamente transformada num mosaico e situada num mapa único georreferenciado. Estes sistemas são utilizados principalmente para missões militares, mas também para operações civis como, extinção de incêndios, operações de vigilância policial e relatórios de reconhecimento de danos após desastres naturais. Os UAV, são aeronaves não tripuladas que são controladas de forma remota ou voam de forma autónoma através de planos de voo pré-programados ou outros sistemas automatizados mais complexos.

O RADAS incorpora uma câmara Prosilica GE4900 de 16 megapixéis da Allied Vision Technologies. O INL escolheu a GE4900C pela sua elevada resolução, excelente qualidade de imagem, tamanho do sensor (35mm), assim como pela sua facilidade de integração graças ao interface GigE. A câmara está equipada com uma ótica de 55mm e está instalada na área de carga de um UAV Arcturus T15 de 3.3m, visualizando o solo. A captura da imagem ativa-se automaticamente em intervalos de distância baseados no plano de voo do UAV. Uma vez capturados, os dados da imagem são transferidos ao dispositivo RaptorEye, a bordo do UAV, através de um cabo Cat6.

Se deseja mais informações sobre esta aplicação e seus componentes, entre em contato com a Infaimon.