herramientas de calidad Tempo de leitura: 3 minutos

O controle de qualidade na produção é fundamental e demanda ferramentas de qualidade adequadas que contribuam com a realização das tarefas correspondentes da forma correta. 

 

Qual a base das ferramentas de qualidade? 

Para melhorar o Sistema de Gestão de Qualidade é necessário uma série de ferramentas que podem ajudar na realização de maneira efetiva. Estas ferramentas são empregadas para realizar o controle de qualidade mediante a medição, a análise e a sugestão de soluções aos problemas que possam surgir e que afetem o rendimento do procedimento da organização em si.  Através destas ferramentas é possível conseguir muitos benefícios que proporcionem a renovação do sistema e, desta maneira, levar até o seu máximo proveito.

Origem das ferramentas de qualidade

O controle de qualidade teve início em meados do século passado, durante a produção industrial realizada neste período. A necessidade de um controle de qualidade surgiu quando surgiu o primeiro problema deste âmbito: o aprefeiçoamento dos meios de produção em série com base na criação de produtos e dos elementos que os compõem. Por isso, quanto maior a qualidade dos produtos, menos resíduos, e isso resulta na redução de custo do procedimento de produção. 

New Call-to-action

Como consequência, começaram a aparecer os primeiros processos de controle de qualidade com foco em supervisar a produção. Sua missão consistia em realizar uma série de processos de análises em busca de comprovar que, tanto os dispositivos, quanto os outros elementos que formavam parte da produção cumprissem com suas atribuições. A solução gerada neste processo era separar o produto admissível do do produto não aceitável através do controle do processo de produção.

As ferramentas do controle de qualidade

As ferramentas que utilizadas nos processos de controle de qualidade são conhecidas como as sete ferramentas básicas da qualidade e são os utensílios necessários para melhorar o sistema e solucionar os conflitos que possam surgir:  

  1. Folha de verificação: Permite a obtenção de um registro detalhado da informação sobre certos eventos ou irregularidades na produção através de um simples processo. 
  2. Histograma: Esta ferramenta consiste em um gráfico de barras verticais que estabelecidas sobre a administração de um conjunto de dados.
  3. Diagrama de dispersão: Este elemento reconhece que pode haver um relacionamento entre duas variáveis.
  4. Diagrama de Pareto: Este utensílio distingue entre os motivos mais relevantes que tenham gerado um conflito ou problema.
  5. Diagrama de causa – efeito: Proporciona os meios adequados para reconhecer, organizar e estabelecer as causas prováveis tanto dos problemas concretos, como dos resultados. 
  6. Gráficos de controle: Dirige e melhora o procedimento através de um estudo de sua variação mediante o fator tempo.
  7. Estratificação: É o processo que classifica a informação de diferentes fontes.

 

Estas ferramentas conseguiram obter seus objetivos de controlar a qualidade dos produtos e solucionar os diferentes problemas, embora também sejam utilizadas para as equipes de trabalho que buscam melhorar as atividades e procedimentos da indústria.

 

Qual é o papel da visão artificial na administração do controle de qualidade? 

No campo do controle de qualidade, a visão artificial é um elemento necessário para estimular e otimizar os procedimentos e, assim, aprimora a produção. Por isso, os sistemas de visão artificial na qualidade podem ser aplicados de diversas formas dependendo das fases do procedimento. Além disso, participam das categorias que apresentam componentes de controle e estudos mais relevantes, que devem estar presentes em todo o processo. 

 

Benefícios das ferramentas de qualidade

Confira os benefícios das ferramentas de qualidade:

  • Redução dos gastos
  • Suavizam a produção
  • Estimulam os procedimentos
  • Diminuem os desperdícios
  • Ajudam a obter maior efetividade energética
  • Minimizam o tempo de produção
  • Incrementam a qualidade do produto final
  • Garantem a segurança para a equipe humana

 

Em suma, o resultado deve ser a aceitação do produto, o menor risco possível e o desperdício quase inexistente. Ao aplicar ferramentas de qualidade, qualquer tipo de negócio pode obter uma importante melhora nos seus processos internos

 

New Call-to-action