Tempo de leitura: 2 minutos

ford vision artificial

As condições de limpeza numa linha de montagem de carros podem ser determinantes na hora de pintar um automóvel novo. Manchas e imperfeições precisam de ser resolvidas antes da entrega do carro. No início esta inspeção era executada de forma manual, porém atualmente a inspeção é realizada através de um complexo sistema de visão artificial de alta resolução que é capaz de capturar até 3000 imagens de um veículo para encontrar qualquer ponto de defeito ou sujidade.

Um total 12 câmaras da JAI Cameras capturam 15 imagens por segundo para criar o modelo 3D do veículo. Qualquer mancha, sujidade, imperfeições ou pontos que precisam ser retocados, são marcados no modelo 3D, permitindo que o trabalhador se concentre em obter um acabamento perfeito e não em descobrir problemas que poderiam passar despercebidos ao olho humano. Mediante este sistema é possível adquirir todas as imagens da carroceria em menos de 10 segundos, conseguindo detetar desta maneira, mais de 90% dos defeitos não detectados na inspeção manual. Os defeitos de maior importância são mostrados em vermelho, enquanto que os defeitos menores são indicados em verde. Tanto a codificação como o critério da definição dos alertas foram definidos pelo pessoal de controlo de qualidade.

Este sistema foi desenvolvido pelo instituto de desenho e fabricação da Universidade Politécnica de Valência. O sistema foi provado em 2008 na fabrica de Almussafes, Valência, pela qual passavam ao redor 1700 veículos ao dia.

Desde que foi instalado o sistema de câmaras em três de suas fabricas, a  Ford detectou um aumento considerável na qualidade da pintura de seus automóveis.

YouTube Preview Image