qué es la industria 4.0 Tempo de leitura: 2 minutos

Conceito: o que é a indústria 4.0

A indústria 4.0 é um conceito que foi usado pela primeira vez na Alemanha para definir a fábrica inteligente. Ou seja, trata-se de uma visão dos processos de fabricação informatizados e interconectados entre sí graças ao uso de tecnologias como a IoT (Internet Of Things).  É chamada de fábrica do futuro, a que os processos e cada um dos subprocessos internos estejam automatizados graças à conexão entre as diferentes máquinas encarregadas de realizar cada uma das tarefas.

Origens

As revoluções industriais foram acontecendo desde a primeira, na qual a máquina de vapor teve papel predominante, até a quarta, que faz referência à indústria 4.0. Esta nova etapa, inicia com os processos de automatização e a introdução dos sistemas informáticos avançados no setor industrial, e culmina graças à introdução de tecnologias como a IoT e o Big Data. Estas tecnologias permitem que cada máquina esteja conectada com o resto, enquanto permitem o processamento de dados a grande escala, o que, por sua vez, possibilita os processos automáticos sejam muito mais eficientes e rápidos.

Desafios

Segundo as palavras do diretor associado para a automatização industrial em IHS, Mark Watson, o principal desafio que a indústria 4.0 tem que enfrentar é o desenvolvimento de softwares capazes de aproveitar a informação de maneira útil. Ou seja, frente ao enorme volume de dados disponíveis, é necessário analizá-los e processá-los de forma que sejam úteis para o setor industrial desde um ponto de vista da otimização de todos os recursos disponíveis. Deste modo, o que é a indústria 4.0 e o que será no futuro dependem em grande parte do ritmo do desenvolvimento tecnológico. 

Fábricas inteligentes

Quando se fala de indústria 4.0, se faz referência a um ambiente concreto, o das denominadas fábricas inteligentes. As fábricas inteligentes são aquelas fábricas que, graças à implementação das tecnologias associadas à indústria 4.0, entraram nesta quarta revolução industrial. Desta maneira, trata-se de fábricas que trabalham de forma autônoma, usando tecnologia avançada e  nas quais a presença do trabalhador humano é reduzida a uma mera supervisão dos processos.

Exemplos de empresas 4.0

  • Schneider Electric: É um bom exemplo de uma empresa que soube reconverter-se à indústria 4.0 graças à implementação de tecnologias como IoT, o uso da nuvem, as análises de dados e uma metodologia de inovação corretamente estruturada.
  • Ford: Neste caso, a indústria 4.0 serviu à empresa automobilística para formar novas alianças com outros grupos e empresas, assim como para experimentar o terreno do carsharing (aluguel de veículos por minutos).
  • BMW: O caso da BMW nos leva a uma relação mais próxima com o cliente. Desta forma, um cliente pode personalizar seu veículo desde seu próprio computador, e receber o carro em questão em pouco mais de uma semana.
  • Lego: Seu grande valor foi saber apresentar-se como muito mais que uma simples empresa de brinquedos. Atualmente, colabora com universidades e empresas no desenvolvimento de ambientes e experiências tanto físicas como virtuais.

Expectativas

As expectativas apresentadas quando questiona-se o que é a indústria 4.0 estão à  altura das surgiram com a primeira revolução industrial com a máquina de vapor, a segunda com a eletricidade e a produção em massa, assim como a proliferação da informática na terceira.

 

YouTube Preview Image