procesos industriales Tempo de leitura: 3 minutos

Os processos industriais foram convertidos em procedimentos muito importantes para a elaboração de um grande número de produtos que, a partir das diferentes matérias-primas, são desenvolvidos para satisfazer as necessidades dos consumidores. Em qualquer campo é importante saber seus distintos conceitos, fases e características para proporcionar um benefício notável ao negócio.  

 

Etimologia

Para poder entender perfeitamente em que consistem estes processos industriais, a primeira consideração deve ser a etmologia destas palavras, ou melhor, o conceito. Neste sentido, as duas são provenientes do latim, assim como a maioria das palavras do nosso idioma. “Processo” vem de “processus”, que pode ser traduzido como desenvolvimento ou  que debemos tener en cuenta es la etimología de estas palabras, o mejor dicho, este concepto. En este sentido, tenemos que decir que ambas provienen del latín, al igual que la mayoría de palabras de nuestro idioma. Por su parte, avanço, enquanto “industrial” vem da palavra latina “industrialis”, que está relacionada às operações que são realizadas para criar qualquer produto ou serviço. A partir destes significados, podemos ter uma ideia do que significa processo industrial, ou seja, diversas etapas realizadas dentro de uma grande operação, com um objetivo final bem definido e sempre baseado na indústria. 

 

Definição

Considerando o mencionado anteriormente, podemos dizer claramente que os processos industriais são um conjunto de operações realizadas em maior ou menor tempo para poder criar, fabricar ou transformar um grande número de produtos.

New Call-to-action

Através destes processos, pretende-se aproveitar ao máximo os recursos naturais que são utilizados para a criação de produtos e, assim, convertê-los em ferramentas específicas e adequadas que possam satisfazer a demanda do consumidor. 

 

Objetivos

Estes processos industriais ainda contam com um grande objetivo, que é conseguir o maior número de benefícios. Estas  n tenemos que hacer referencia a un gran objetivo que tienen estos procesos industriales, que no es otro que conseguir el mayor número de beneficios. No entanto, esses lucros não podem ser obtidos sem antes produzir produtos de qualidade que possam ser lançados no mercado, sempre tendo em mente que a fabricação será realizada a partir de matérias-primas que tenham um melhor custo. A meta é transformar essas matérias-primas o máximo possível, adaptá-las e criar produtos específicos que atendam às demandas e todas as necessidades do público-alvo. 

Fases de um processo industrial

Para completar um processo industrial é necessário passar por uma série de fases. Normalmente, cinco destas fases sejam listadas, embora em muitos casos algumas tarefas possam ser simplificadas e executadas em apenas uma etapa. Assim, podemos nomear os seguintes estágios de um processo industrial:

  • Contato e manipulação da matéria-prima 
  • Trabalhos condicionamento para transformar a matéria-prima em questão
  • Processo de transformação com as técnicas correspondentes
  • Separação da matéria-prima para converter-la em produto
  • Criação dos produtos finais

 

Tipos de processos

Além de tudo o que já foi comentado, nesta última seção, devemos nos referir aos diferentes tipos de processos industriais que existem hoje. Vamos dar um breve resumo sobre em que consiste cada um.

 

  • Operações contínuas: Referem-se ao momento em que o processo de transformação é realizado durante um período de tempo específico e sempre de forma contínua. Aqui, a tecnologia desempenha um papel muito importante. Utilizado, principalmente, nas indústrias de energia ou química.
  • Operações descontínuas: São muito semelhantes às anteriores, embora o processo de transformação seja realizado em um tempo menor, já que o produto é trocado com frequência e facilidade. Geralmente, os setores de papel ou alimentos são os que mais utilizam estas operações.
  • Operações em lote: É o processo mais antigo que existe, executado através de uma sequência claramente definida. O que é feito é misturar a matéria-prima e depois transformá-la com condições específicas. Os produtos são retirados em lotes e depois extraídos individualmente. A indústria farmacêutica ou têxtil, geralmente usam essas operações.
  • Operações discretas: São realizadas para criar apenas um produto por vez. Normalmente, os produtos são grandes, como um veículo ou um avião, e vários processos de transformação são realizados em um mesmo lugar.

Aplicar estes processos e encontrar o que se encaixe melhor com cada tipo de negócio será fundamental para que a empresa possa alcançar o seu máximo volume de rendimento. 

 

New Call-to-action