Tempo de leitura: 2 minutos

Muitas organizações têm a necessidade de protegerem-se contra fraudes, crimes ou terrorismo. Para isso, instalam suas infraestruturas críticas em áreas seguras e utilizam sistemas de controlo de acesso para garantir que somente o pessoal autorizado tenha acesso a essas áreas protegidas.

Os sistemas de controlo de acesso de alta segurança normalmente consistem em uma câmara, como um pequeno lobby com 2 portas, por exemplo, onde somente uma porta pode ser aberta por vez. Para acessar à área de segurança a pessoa tem que entrar na sala através da primeira porta e uma vez identificada por sensores biométricos ou cartões RFID, a segunda porta se abre permitindo o acesso.

Um significante desafio para o controlo de acesso é detectar quando uma pessoa não autorizada tenta acessar uma área segura junto a uma pessoa não autorizada, uma situação chamada tailgating. Este tipo de situação é muito difícil de detectar com um sistema convencional de câmaras de segurança uma vez que as condições de iluminação podem variar e sombras podem criar falsas imagens além de não ser sempre possível adequar o contraste entre o sujeito e o fundo.

Estes tipos de aplicações são viáveis com a câmara Time-of-flight SR4000 de MESA IMAGING. A solução consiste em uma única câmara montada no teto da sala. Uma óptica grande angular permite monitorar uma grande área, incluso quando a altura da sala é pequena. Com um tamanho compacto, a câmara é muito discreta e influi muito pouco na estrutura da sala de contenção. A Câmara SR4000 é altamente confiável e está desenhada para trabalhar 24 horas por dia.

A câmara se comunica com a porta de controlo via Ethernet. O processamento das imagens pode ser levado a cabo no controlo da porta ou também dentro da câmara SR4000 no seu processador integrado.

Comparada a um sistema de câmaras convencionais que só podem ver o contorno 2D dos objetos, as câmaras Time-of-flight (TOF) permite ver a forma 3D garantindo uma detecção de pessoas e objetos muito confiável, convertendo-se em um sistema muito difícil de ser enganado.

Comparado com o sistema de visão estéreo, as câmaras TOF não necessitam coincidências nas imagens e os dados 3D estão disponíveis em cada pixel em todas as imagens capturadas a uma velocidade de até 50 imagens por segundo com um tempo muito baixo de latência. Além do mais, as câmaras TOF não têm problemas de oclusão.

A câmara SR4000 de MESA IMAGING é um sistema de visão artificial com iluminação integrada, portanto independentes das condições de iluminação do ambiente, funcionando incluso na completa escuridão.