sistema integrado de gestión Tempo de leitura: 2 minutos

Integração do sistema

Um sistema de gestão integrada permite criar um espaço de segurança e saúde no trabalho que garantem a qualidade segundo as normas ISO 9001, ISO 14001, OHSAS 18001 e ISO 27001, além de outras normativas menos comuns. O alcance que a integração dos sistemas de gestão envolve costuma depender das partes interessadas da organização e questão. Entretanto, mesmo que seja o mais comum, podemos encontrar certos setores nos quais o cumprimento dos outros tipos de normativa seja exigido, sejam internacionais, nacionais, ou de um caráter mais rigoroso.

Da mesma forma, também podem haver casos em que a integração seja apenas parcial. Ou seja, em que o sistema de gestão integrada esteja configurado por apenas uma parte da normativa, afetando só uma área concreta. No entanto, com o passar do tempo, o mais normal é que as novas normas internacionais se adaptem à responsabilidade social e corporativa da norma ISO 26000, já que esta é o ponto de referência.

 

New Call-to-action

 

Qualquer falha produzida nas operações de empresas podem causar efeitos nos produtos, normalmente negativos. Isso pode acontecer tanto na qualidade do produto, quanto na segurança e na saúde dos empregados ou do meio-ambiente.  É verdade que muitas atividades tendem ao aumento da produtividade em qualidade, mas se isso não é realizado corretamente, pode influenciar o ambiente de forma negativa. Um sistema de gestão integrada pode ser uma solución factível nestes casos, já que costuma englobar todas as alternativas possíveis.

 

Estrutura de um sistema de gestão integrada

Em geral, um sistema de gestão integrada está formado pela estrutura a seguir:

  • Política de gestão integrada
  • Organização
  • Planificação
  • Comunicação
  • Sistema de gestão integrada
  • Documentação do sistema integrado
  • Capacitação e qualificação
  • Melhora do sistema

 

Coincidências em diferentes sistemas de gestão integrada

  • Compromisso e liderança procedentes da direção da organização.
  • Um sistema de gestão focado na obtenção da inovação e melhora constante.
  • Ações de caráter preventivo antes de corretivo.
  • Ações destinadas a todas as fases do ciclo de produção.
  • Controles de medição e análises constantes.
  • Integração de todas as pessoas envolvidas, desde a cúpula diretiva aos trabalhadores de menor grau.
  • Formação constante em todos os âmbitos da empresa.

 

Ações

Determinar soluções:

Este é objetivo principal de um sistema de gestão integrada. Envolve tomar decisões em equipe, mesmo que sempre haja um porta-voz ou responsável de área que fixará os prazos e os recursos.

Implantar as soluções:

É o próximo passo na cadeia de operações a executar. Baseia-se em que, uma vez que as soluções tenham sido determinadas e definidas, realizá-las da forma mais eficiente possível.

Acompanhamento:

Esta ação está destinada a controlar e garantir o bom desenvolvimento das soluções uma vez que estejam sendo implantadas e, sobretudo, que a execução seja completa.

Agir:

Refere-se às análises dos resultados obtidos do acompanhamento e às ações que devem ser realizadas de acordo com estes resultados. Deste modo, o mais importante será saber se foi possível cumprir os objetivos determinados, como aquelas soluções e, especialmente, se afetam a satisfação cliente.

 

New Call-to-action