Tempo de leitura: 2 minutos
A tecnologia infravermelha apresenta métodos avançados para a análise de imagens de objectos ocultos e está a revelar-se uma contribuição valiosa para situações onde a visibilidade é mínima como é o caso das estradas com condições precárias de iluminação.
A tecnologia infravermelha baseada na captura de imagens no espectro NIR já está a ser utilizada nos sistemas de assistência ao motorista, para melhorar a visibilidade pela noite, período este onde a incidência de acidentes é três vezes superior em comparação com o período diurno.
Outro sector onde a tecnologia infravermelha está a ser utilizada com grande êxito é no sistema de controlo de trânsito nas estradas, especialmente para a detecção automática de acidentes através da recolha de dados de tráfego e através da videovigilância.
As câmaras infravermelhas como as da série GOBI da XENICS o a série CALIBIR da TELEDYNE DALSA, proporcionam uma visão optimizada até mesmo nas condições meteorológicas mais desfavoráveis como as caracterizadas pela presença de chuva, neve e neblina. Estas câmaras capturam imagens no espectro de comprimentos de onda entre 8 a 14 micrómetros (LWIR) e incorporam uma saída GigE, para uma rápida conexão ao PC.
A utilização de imagens térmicas também auxilia a análise e manutenção de infra-estruturas. Os sistemas baseados em sensores optoelectrónicos podem inspeccionar grandes estruturas planas ou lineares como estradas, pontes e túneis.
A tecnologia infravermelha está a revelar-se uma ferramenta essencial para as aplicações de segurança nas estradas e futuramente será cada vez mais utilizada para prevenir acidentes e salvar vidas.