Tempo de leitura: 3 minutos

gocator2400 3d inspection

Os últimos anos foram muito importantes no desenvolvimento dos sensores de inspeção 3D e sistemas de controlo de qualidade automatizados, vimos diversos avanços relacionados com qualidade de inspeção, fiabilidade e inclusive na viabilidade económica dos equipamentos 3D. Neste artigo falaremos das novas tendências neste setor que cresce cada vez mais.

Empresas de telefones usam o Gocator 2400 para detetar brechas entre a parte da frente do cristal e a carcaça.

Empresas de telefones usam o Gocator 2400 para detetar brechas entre a parte da frente do cristal e a carcaça.

Requisitos de alta resolução na inspeção eletrônica.

Para fazer a medição precisa de pequenos desníveis e fissuras em peças eletrônicas, como celulares (telemóvel) por exemplo, requerem alta resolução por parte dos equipamentos de visão.

A precisão requerida nos dias de hoje está abaixo dos 10mm e com repetições abaixo de 1mm. Os novos sensores 3D Gocator são baseados em câmaras de 2 megapíxeis e uma precisão menor de 6mm, ideais para inspeções de produtos eletrônicos.

Tecnologia 3D como substituta da 2D

O crescimento da inspeção com tecnologias 3D deve-se ao aumento do controlo de qualidade na indústria. Os integradores e OEMs notaram que a implantação da tecnologia 2D é mais lenta e os resultados não são tão confiáveis em medições de precisão. Os sistemas 3D são capazes de oferecer resultados repetíveis e manter a qualidade de inspeção em materiais de superfícies difíceis e irregulares e tudo isso com o menor tempo de integração. A ótica pré-calibrada e o sistema de iluminação integrado nos sensores 3D simplificam a instalação e a manutenção.

Sistemas baseados em múltiplos componentes VS sensores 3D inteligentes

Os esforços de engenharia necessários para combinar elementos como câmaras, óticas, iluminações e software para conseguir um sistema de metrologia preciso são enormes e requerem muita experiência por parte da equipa de desenvolvimento.

Além disso, encontraremos problemas frequentes, como o suporte dos equipamentos, obsolescência, manutenção e confiabilidade. Um sistema baseado em múltiplos componentes pode funcionar perfeitamente na aplicação para que foi projetado e calibrado. Qualquer modificação na linha de produção significa modificar o sistema 3D.

Os sistemas inteligentes 3D pré-calibrados têm a flexibilidade de permitir sua adaptação em um amplo espectro de aplicações e projetos sem grandes modificações na sua configuração. Isso se traduz num sistema mais econômico e muito mais rápido de integrar.

Empresas aeroespaciais usam o Gocator 3100 para a inspeção de orifícios escareados na fibra de carbono das fuselagens.

Empresas aeroespaciais usam o Gocator 3100 para a inspeção de orifícios escareados na fibra de carbono das fuselagens.

Evolução dos sistemas de visão artificial

Ainda que as tecnologias de visão artificial evoluam constantemente (câmaras, controladores integrados, LEDs e etc) os softwares ainda não estão a altura para solucionar alguns tipos de problemas da indústria nos dias de hoje, sobretudo na simplicidade do uso dos sistemas pré-calibrados 3D, como o Gocator da LMI Technologies.

O Smartcam 3D Gocator combina a tecnologia 2D e 3D em um só equipamento muito fácil de configurar.

Visão integrada

Hoje em dia existe muito interesse na visão integrada. A visão integrada tem sido um ponto chave para a tecnologia de sensores inteligentes da LMI desde o princípio. Esta tendência em direção aos sistemas “inteligentes” significa integrar mais e mais funcionalidades nos equipamentos para que as decisões possam ser feitas diretamente dentro do sensor, permitindo que tais decisões sejam comunicadas diretamente à linha de produção.

Os sensores inteligentes como o Gocator são chave para o avanço da indústria 4.0 pois são capazes de entregar dados processáveis aos sistemas deep learning e dinamizar assim os processos de fabricação.

G2410-angledright

Você pode estar interessado: Cámaras 3D